Chegámos ao fim

Querida Autoridade Tributária,

Sinto que a nossa relação chegou a um beco sem saída. Estou cansada e não vejo qualquer futuro para nós.
Para que ambas as partes se sintam realizadas numa relação é precisa reciprocidade e não sinto isso da tua parte.

Sinto que dou a única a dar (e estou sempre a dar e tu sempre a pedir). Sinto constantemente o teu olhar cravado nas minhas costas como se te devesse sempre alguma coisa, não obstante não conseguir dar-te mais do que te dou.
Além disso, não suporto mais o teu desprendimento. Não respondes aos meus e-mails, não atendes os meus telefonemas e só me escreves quando queres alguma coisa minha.
Já discuti muito contigo, já me passei varias vezes por causa de ti, já perdi muito tempo a tentar compreender as tuas atitudes e motivos, agora cansei-me. Eu disse-te que ia chegar este momento, ainda na semana passada quando me deixaste plantada meia hora a ouvir aquela música de péssimo gosto que sabes que detesto ( e depois nem me soubeste ajudar quando finalmente atendeste).
Só te peço uma coisa: não me procures, passarei bem sem ti.

Aliás, neste momento, tudo o que quero de ti é distância.

P.

Imagem daqui

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s