Sacanagem

Vinha eu no meu trajecto matinal de comboio, a “folhear” as novidades quando esbarrei num texto. Um texto escrito com tanto de coração como de informação. Diz muitas coisas que eu diria se as conseguisse fazer sair cá para fora sem atropelos.

Mas não consigo, ficam cá dentro a ganhar tamanho até que transbordam e saem como podem. Neste caso o melhor que consegui foi deixar que me escorressem pela cara baixo. As usual.

Espero que este texto consiga fecundar algumas das mentes que emprenham tão facilmente de ideias distorcidas ou que espontâneamente geram atitudes de que me envergonho mesmo sem serem minhas.

Sei que essas mentes não vão, sequer, ler o texto, porque é muito grande, porque não lhes diz respeito, porque não têm tempo, porque alguém tem de trabalhar, porque não adianta nada, porque é muito bonito mas é só conversa etc, etc, etc. Porque nunca vão ser capazes de parir nada melhor do que a merda que têm na cabeça.

Obrigada pelo texto. O texto é este.

J.

Imagem daqui.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s