Para onde vão os sonhos que não realizamos?

Ela não tinha o que ele queria. Ela só queria que ele gostasse dela como era mas ele não parava de exigir o que ela não era. E enquanto ele a enganava com outras, ela enganava-se a ela própria com as suas próprias mentiras.

Por estranho que pareça, e seja, ele não conseguia ficar sem ela, não queria mandá-la embora…

– Mas tens medo de estar sozinho?

– Não, talvez… Mas não é só isso, o problema são os sonhos.

– Os sonhos?

– Pois, o que faço aos sonhos que construímos, não queria ficar sem eles, percebes?

Há coisas verdadeiramente esquisitas como esta: há relações condenadas ao fracasso que sobrevivem apenas pela vergonha de encarar a ruína dos projectos feitos para um futuro que não existe.

P.

Imagem daqui

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s