13 coisas que quem ama uma pessoa sensível devia saber

Tal como muitas outras pessoas eu sofro com a minha reactividade emocional. Sofro porque por si só me causa, por vezes, muito sofrimento e sofro porque tenho muita dificuldade em explicá-lo às outras pessoas. Especialmente às pessoas com mais convivo e que são, inevitavelmente, as que presenciam, são alvo ou motivo de reacções emocionais exacerbadas.

Não tenho forma de explicar que não faço porque quero, que não estou a exagerar, que não choro de propósito, que me dói mesmo, que sinto mesmo. Encontrei este artigo e revi-me imenso nele (excepto nos pontos 8 e 11): coisas que quem ama uma pessoa sensível devia saber e ter em mente.

Deixo aqui uma tradução/adaptação do artigo original:

giphy

1. Nós vamos chorar. Muito.
Quando estamos felizes, quando estamos tristes e quando estamos com raiva… As pessoas altamente sensíveis apenas sentem tudo mais profundamente e reagem em conformidade.

2. Não somos todos introvertidos.
Introversão não é o mesmo que sensibilidade. Na verdade, pesquisas indicam que cerca de 30 por cento das pessoas altamente sensíveis são extrovertidas.

giphy (1)

3. As decisões deixam-nos nervosos.
Indivíduos altamente sensíveis são notoriamente maus a fazer escolhas – mesmo que seja apenas escolher onde ir jantar. Isto deve-se ao facto de agonizarmos sobre a possibilidade de fazer a escolha errada (e se a comida é má?!).

4. Reparamos em mudanças subtis.
Se normalmente termina cada mensagem de texto com um ponto de exclamação e, ultimamente, usa um ponto final, acredite que vamos reparar. Pessoas altamente sensíveis são geralmente mais perspicazes ao detectar pequenas mudanças no ambiente que as rodeia e são mais facilmente afectados pelas mudanças de humor das outras pessoas.

5. Estamos sempre dispostos a ouvir os desabafos dos outros.
Não tenha receio de nos abordar quando precisar de um ombro amigo. A nossa natureza excessivamente empática torna-nos excelentes ouvintes porque quando sentimos a sua dor, queremos fazer tudo o que pudermos para que se sinta confortável. Por este motivo, pessoas altamente sensíveis costumam ser excelentes professores, terapeutas e gestores.

giphy (2)

6. Ruídos repetitivos e altos são o pior.
Mastigar alto, comboios, colegas de trabalho barulhentas: todos os ruídos em que conseguir pensar, nós somos sensíveis a eles. Isto acontece porque ambientes caóticos ou excesso de estimulação sensorial têm mais impacto nas pessoas sensíveis.

7. Os nossos hábitos de trabalho são atípicos.
Trabalhar a partir de casa ou num espaço tranquilo é um sonho para pessoas altamente sensíveis – porque nos permite concentrar quando nos sentimos sobrecarregados. No entanto, não subvalorize a nossa ética de trabalho solitário. “Eles sabem como fazer valer as suas ideias sem ser ridicularizado ou humilhado.” As pessoas sensíveis são também boas trabalhadoras em equipa devido à sua natureza analítica e consideração para com as ideias dos outros (desde que não nos obriguem a tomar a decisão final sobre um projecto).

giphy (3)

8. Não nos peçam para ver o novo filme de terror.
A grande empatia que temos com os outros, combinada com a estimulação sensorial excessiva, faz com que filmes de terror sejam verdadeiramente de terror para pessoas altamente sensíveis.

9. A crítica é incrivelmente angustiante
Como resultado, tendemos a evitar qualquer coisa que possa causar sentimento de vergonha. Isso pode levar a que tentemos agradar aos outros ou tenhamos atitudes auto depreciativas mais frequentemente do que a maioria das pessoas. Por outras palavras, estamos longe de ser perfeitos.

10. Estão constantemente a dizer-nos que levamos as coisas demasiado a peito.
Uma piada à nossa custa, por vezes, não é apenas uma piada para nós. Sabemos que é um pouco idiota ficar chateados mas o que é que vamos fazer com todos os nossos sentimentos?

giphy (4)

11. Temos uma baixa tolerância à dor.
Passe o gelo, por favor. Não importa se é um braço partido ou apenas um dedo do pé magoado, qualquer ferimento dói mesmo. Pesquisas concluem que pessoas altamente sensíveis são mais afectadas pela dor

12. Nós suspiramos por relacionamentos profundos.
Pessoas altamente sensíveis tendem a ficar mais facilmente entediadas nas relações, principalmente devido à diminuição de interacção significativa que ocorre naturalmente como o passar do tempo. No entanto, isso não significa, necessariamente, que estamos insatisfeitos com o relacionamento – nós só precisamos encontrar uma maneira de ter mais conversas estimulantes.

13. Não podemos simplesmente deixar de ser altamente sensíveis!
Um estudo de 2014, publicado na revista Brain and Behaviour, concluiu que as pessoas altamente sensíveis registam mais actividade em regiões do cérebro associadas com a empatia e a atenção quando são expostas a imagens de indivíduos emocionados do que a maioria das pessoas. Por outras palavras, estamos programados neurologicamente para agir como agimos!

Mas nem tudo é mau em amar uma pessoa sensível. São pessoas capazes de sentir, também exacerbadamente, as coisas boas, as alegrias, as vitórias e sucessos dos outros, de ficarem comovidas facilmente, de serem corações moles, de compreender como os outros se sentem, de ajudar os outros sem reticências. É só saber aproveitá-lo e lidar com uma ou outra crise de choro.

J.

Imagens daqui, daqui, daqui, daqui e daqui.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s