Baptizados pelo Civil vs Vestidos Plissados

IMG_0006

A Dália foi tramada pela Igreja Católica que, de forma intransigente e incompreensível, exige que os baptizados católicos sejam sempre realizados numa… Igreja e, como se não bastasse,… por um…. padre!
Foi uma maçada quando a miúda descobriu esta exigência: teve que comprar, de véspera, um vestido “plissado” para o efeito, tirar um tempo do dia do seu casamento para ir à igreja e mandar a Caras e os convidados em cima da hora passar por lá ( é que ninguém estava à espera que o baptizado fosse na igreja). Só chatices.
Deve ser, de certeza, coisa de um padre mais “à antiga“, mas a pobre não teve tempo de arranjar outro que baptizasse a criança pelo civil.
Agora a sério, há 3 coisas que não me saem da cabeça depois de ler isto:

  1. Obviamente esta moça não sabe o que é um baptizado, como é que ela toma a decisão de baptizar o filho sem saber o que é o baptismo? É uma falta de respeito com a própria criança, porque está a fazer uma escolha por ela sem saber o que está a escolher…
  2. A igreja não permite que pessoas divorciadas sejam padrinhos de baptismo,  mas permite que uma criança seja baptizada quando os pais do baptizando sabem tanto o que estão a fazer como eu quando faço tiro aos pratos?
  3. De certeza que o governo metia mais um cobres nos cofres se taxasse a estupidez e sempre aliviava um bocadinho ao nível do IRS…

P.

Foto tirada da revista Caras, de 24/10/2015

Anúncios

6 thoughts on “Baptizados pelo Civil vs Vestidos Plissados

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s