Cat Logic

Duas vezes por dia, troco a água do gato K. Tem sempre duas taças grandes cheias de água. Diz o marido H. que é um exagero mas faz-se de conta que não se ouve.

Fico com a consciência pesada se a água não estiver sempre fresca. E se tiver muita sede e não tiver água? E se entornar a taça? E se acontecer alguma coisa e tivermos de nos ausentar?

De manhã tiro a água, lavo as taças e volto a enchê-las com água. Ao final da tarde troco novamente a água. Se não a trocar ele não a bebe e anda atrás de mim para lhe abrir a torneira. E não custa nada, são só 2 minutos e o gatinho fica feliz.

Comecei a achar, secretamente, que isto era um desperdício de água. O gato K. nunca bebe a água toda e acabava por deitar pelo cano litros de água boa. Desperdícios afectam-me os nervos.

Resolvi arranjar forma de reutilizar aquela água toda. .

Arranjei um balde e passei a despejar nele a água das taças do gato K. e passei a usar essa água para regar as plantas. Sou mesmo boa nisto do reutilizar.

Achei a ideia genial. Senti-me um pouquinho orgulhosa e tudo.

Até perceber que o gato K. passou a beber água do balde.

Cat logic

200 (1).gif

J.

Gif daqui.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s