O problema das zonas cinzentas

De facto é verdade, não lido bem com a indefinição e com a falta de pragmatismo. Para mim as coisas ou são ou não são, é simples. Irritam-me as pessoas que complicam tudo, na mesma medida em que não tenho paciência para os que, persistentemente, se recusam a ver o óbvio.

Face a uma pergunta há duas respostas possíveis, sim e não. O talvez é um não disfarçado ou um sim cobarde, não serve, não aquece nem arrefece, só dá dores de cabeça e falta de apetite.

O talvez, a indefinição,  o “se calhar” fazem-nos perder tempo, ocupam-nos a mente e minam os nossos dias de perguntas e inseguranças, para as quais não temos tempo e nem energia.

Não é que seja tudo preto ou branco, é tudo a cores, tem é de ser nítido ou acabas por te perder no caminho, ou passar num sinal vermelho e ter que pagar a multa uns meses depois.

tumblr_lb0w5usool1qczzf8o1_500

P.

Imagem daqui

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s