É o país que temos…

desanimo-foto-imagem-estafa-cansaco

.

Tudo bem, é sexta-feira. Mas não posso deixar de dizer isto.

Há dias em que este país me cansa. Hoje é um desses dias. Cansa-me de tal forma que me apetece sentar-me no chão calmamente, cruzar as pernas e dizer: desisto.Desisto de tentar. Desisto de ficar. Desisto.

Aos 20 vi muitos a ir embora: conhecidos, amigos e família. Pessoas com carreiras brilhantes, trabalhadoras e sem nada mais a provar, que se recusaram a baixar os braços, aos 30 e aos 50.
Eu fiquei. E continuei a acreditar que as coisas podiam mudar para quem ficou. Agora, sei que não. Nada melhorou, nada melhora.

Quando entramos na vida adulta, temos tantos sonhos, tantas ideias, achamos mesmo que se trabalharmos muito, se formos focados, se dermos o nosso melhor vamos ser recompensados, vamos sentir-nos realizados. Foi isso que nos disseram.

Anos mais tarde, descobrimos que é tudo é mentira. Este país não é uma meritocracia, é uma “cunhocracia“, onde quem está hoje nos 30, ou nos 20, não tem, esta é a verdade, quaisquer perspectivas de futuro, quaisquer expectativas.

As pessoas andam transtornadas” disse-me uma amiga hoje de manhã, “ vê-se o olhar vazio, é uma coisa estranha“. É verdade. Parece-me o transtorno de quem não sabe para onde está a ir, mas tem que andar. Também sinto isso e sufoca-me.

Cansa muito, viver e trabalhar neste país. Há sempre um papel que falta para tratar seja do que for, sempre uma taxa extra a pagar, um imposto que foi aplicado indevidamente, em cima dos outros todos que devemos, uma porta que se fecha por “falta de recursos“.

O que falta em civismo sobra em falta de respeito.

Ontem um homem atirou-se para debaixo do comboio em que eu seguia: “é o desespero”, diziam uns, enquanto tentavam ver o que restava daquele homem e relatavam o que viam aos que não queriam ouvir. É o país que temos, um reallity show de horrores.

Um país pequeno, cheio de mentes minúsculas ao leme e de mentes brilhantes a remar na direcção errada.

Talvez um dia a crise acabe, mas hoje, acho que nesse dia, não vai haver nada para festejar, porque pelo caminho acabou tudo: a alegria na cara das pessoas, a motivação para fazer mais e melhor e a esperança no futuro.

P.

Anúncios

One thought on “É o país que temos…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s