Passeio romântico (2)

Sábado. Dia de praia espectacular, até para mim que sou um público difícil no que toca a praias. Estava uma temperatura agradável, pouco vento, mar sem ondas e de temperatura aceitável. Inédito na zona. Ninguém acreditou quando disse que só saí da praia às 21h, depois de me fartar de alternar banhos e sestas.

Domingo. Assim que olhei para a praia tive a sensação de estar noutra dimensão. Ou noutro mês, Fevereiro, por exemplo. Nevoeiro, frio, vento, mar revolto, bandeira vermelha. O normal…dois dias seguidos de bom tempo já era muita sorte.

Como dormimos na praia e acordamos sempre cedo, às 08h e 30m já tínhamos o pequeno-almoço tomado, o café bebido e discutíamos o que iríamos fazer. Decidimos ir dar uma volta pela praia. Só nós, o nevoeiro e as gaivotas.

IMG_20160709_120938

Tal como no nosso último passeio romântico na praia, durou pouco.

Andava a apanhar pedrinhas na rebentação há uns minutos quando o marido H. olha para a esquerda, foca um ponto na duna e começa a andar em direcção à elevação. Eu sem óculos e àquela distância só conseguiria ver um elefante se ele tivesse um tutu fúschia vestido e, portanto, fiquei a franzir a testa, tentando perceber o que ele ia fazer.

Voltou com uma lata de tinta velha, um tupperware carcomido e uma ideia já a brilhar-lhe nos olhos. “Podíamos ir enchendo a lata com o lixo que formos encontrando”. Coraçõezinhos esvoaçaram em torno da cabeça dele, como nos desenhos animados.

Ideia genial! Tu apanhas as coisas grandes e metes na lata. Eu apanho as pequenas e vou enchendo o tupperware!

E lá fomos andando e apanhando algum do lixo que o mar regurgitou. Plástico, 98% era plástico. De feitios e cores que não deviam fazer parte daquela paisagem. Garrafas grandes, partes de peças, pedaços não identificáveis, palhinhas, restos de cordas de nylon, pauzinhos de cotonetes, garrafas de iogurte…e tampas…milhões de tampas.

IMG_20160709_120931

Não foi o típico passeio romântico mas serviu para mostrar que um gesto simples pode trazer muitos benefícios:

  • quando um elemento tem uma atitude que deixa o outro orgulhoso, isso aproxima o  casal e promove satisfação;
  • serve para aquecer, mesmo sob condições adversas;
  • é uma ideia diferente para os dias em que não está bom tempo para trabalhar o bronze;
  • actividades significativas realizadas em conjunto melhoram a comunicação e a qualidade da relação;
  • apanhar lixo na praia obriga a fazer agachamentos. Ideal para tonificar coxas e glúteos;
  • a praia fica mais limpa, mais bonita e mais saudável;
  • abre o apetite para o almoço.

IMG_20160709_121906

J.

Todas as fotografias são da minha autoria.

Anúncios

One thought on “Passeio romântico (2)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s