O que aprendi com a primeira chuvada

kid-happy-in-rain

O primeiro dia de chuva, depois do Verão, tem algo de mágico e poético. Lembra-me o melhor do Verão e as saudades do Inverno. Faz-me pensar, ponderar, sorrir para desconhecidos. E ver melhor. Querer ver melhor.
É dia de limpeza. Está na altura de deixar ir, com a chuva, o que me incomoda. Deixar ir o que não controlo, o que não vale a pena mudar, o que me tira o sono sem me dar nada em troca.
Choveu imenso esta noite, o dia está cinzento mas, para mim, é um dia tão bom como qualquer outro para ver que uma consciência tranquila é algo demasiado raro e que há uma altura em que desistir é melhor que continuar a tentar.
A chuva encarrega-se de levar para sarjeta as folhas perdidas do Outono. Hoje, o meu principio é o mesmo.

P.

Imagem daqui

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s