A desconhecida do café

Estou a pedir o meu café e um bolinho para me aquecer, quando o meu olhar se cruza com o de uma mulher que terá os seus 40 e tal anos ( acompanhada pela filha de 20 e poucos). “Olá, como estás?“.

De imediato, começo a percorrer as minhas gavetas mentais da memória à procura daquela cara e respectiva correspondência… NADA. ZERO. NICKLES. E isto não é normal em mim, eu até posso andar ali às voltas para fazer corresponder uma cara a uma pessoa e, mais difícil ainda, a um nome, mas raramente me esqueço de uma cara.

De qualquer forma, respondi, podia ser que naqueles segundos seguinte se fizesse luz no meu armazém cerebral.

-“Olá, está tudo bem, obrigada ( mentira, que há três dias que ando aflita com o dedo mindinho do pé esquerdo, mas pronto). E consigo?

Assim ficámos até eu terminar o meu café e não resistir à curiosidade: ” peço imensa desculpa, eu sei que nos conhecemos (mentira n.º 2), mas não estou a conseguir lembrar-me de onde…

 -“Andámos juntas na escola“, responde-me a senhora de 40 e tal anos com uma filha de 20 e tal ” assim que te vi reconheci-te, embora estejas um bocadinho diferente…

astonished-animals2__700

Esbugalhei os olhos, enquanto decidia o caminho a seguir (decidi que o “deve estar enganada” geraria uma situação desconfortável) e respondi “ahhh, claro, está tudo bem lá por casa?” ( mentira n.º 3, neste momento eu já tenho a certeza que não conheço aquela pessoa de lá nenhum). “Desculpa, mas esta cabeça às vezes…“, disse-lhe enquanto olhava de soslaio para o espelho à minha frente para confirmar que não envelheci mais de dez anos em 10 minutos (tinha acabado de me ver ao espelho no elevador).

– “Compreendo bem o que dizes, eu às vezes também faço cada confusão...”, respondeu-me.

– “Acredito.” ( verdade n.º 1) “Gostei de te ver, manda cumprimentos lá em casa“, disse-lhe antes de sair e antes que tentasse combinar um almoço ( isso seria um nível de loucura que até a mim me transcenderia).

loucura_para_o_mundo

P.

Imagens daqui e daqui

Anúncios

6 thoughts on “A desconhecida do café

  1. Brincalhona 🙂 Eu que o diga, acontece comigo algumas vezes e quase sempre quando estou com imensa pressa para apanhar o autocarro ou metro para o trabalho. Eu também não seria capaz (ou ter a paciência) de arrastar a conversa como tu fizeste….haja coragem 😉

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s