Nota Mental #12

Just breath and let go…

P.

Anúncios

Comentador do Dia #42

Eu não frequento grupos estranhos, tipo “psicoterapia no facebook”, “conselhos para a vida” ou ” amigas do lar”. A sério, a minha amizade com o lar nem está grande coisa, tendo em conta que nunca tive tendência para fada.

Então, deparo-me com esta dúvida existencial “Como é que em Portugal, especialmente no interior, nos relacionamos com os vizinhos? ”

O mais estranho, para mim, foi a adesão à pergunta e todos os desabafos inerentes ( mais de 200 respostas… ). Às vezes convenço-me mesmo que está tudo doido. Ora vejam:

P.

Depois da mentira…

Chegou à esplanada, atirou com as chaves do carro para cima da mesa e disse-me:

Menti-te e sei que tu sabes!
– Mmm… ok…

– É só isso que vais dizer? “ok?” Não queres que as coisas fiquem esclarecidas, tu não és a mesma. Desculpa.

– Não precisas de pedir desculpa. Está tudo bem, a sério.

-Mas estás diferente, comigo. Quer dizer, és a mesma, mas eu sei que estás diferente, comigo, que alguma coisa mudou… eu sinto isso – e sentou-se, como que derrotado.

– Eu sou a mesma e tu também. Nós somos os mesmos. Não estou zangada. As coisas são como são, as pessoas mentem. Lidamos como isso e seguimos em frente, como conseguimos. É isso… mas percebe, eu agora vivo num Mundo em que sei que tu és capaz de me mentir. Está tudo bem… É só que… antes eu não pensava que isso pudesse acontecer, só isso. Mas está tudo bem. Queres que peça café para ti também?

 

chatting20over20coffee

P.

Imagem daqui